O meu telemóvel vai funcionar com o 5G?

Resposta rápida e directa. Sim vai funcionar.

 A tecnologia que irá estar nos smartphones de quinta geração ou 5G, será compatível com os equipamentos actuais (que em principio serão de quarta geração, ou 4G), mas, e há sempre um mas… vão existir algumas diferenças, nomeadamente na velocidade de acesso à Internet, na taxa de transferência de ficheiros e na latência,  já que o protocolo que irá ser utilizado no 5G é diferente do actual. Ou seja, com um telemóvel 4G (a actual geração de telemóveis), não irá tirar completamente partido de algumas das vantagens que a próxima geração de telemóveis poderá trazer, especialmente na velocidade e na latência. No entanto, poderá continuar a fazer tudo o que faz agora com o seu telemóvel quando a tecnologia do 5G chegar e estiver a funcionar em pleno (talvez por volta de 2025). Mas porventura muita coisa já terá mudado entretanto.

Foto Rawpixel

O principal constrangimento em termos da instalação de uma rede 5G, será a fase de colocação das antenas de comunicação que possibilitem uma cobertura minimamente razoável, o que em termos de numero das antenas será muito mais  que o numero das actuais (talvez 5 ou 6 vezes mais), já que a distância da sua cobertura é muito menor.

Para já, a fase piloto que terá o seu inicio operacional no final de 2019/2020 (neste momento as licenças de utilização do espectro para esta tecnologia ainda não foi licenciada, o que poderá trazer atrasos), irá acontecer somente em apenas algumas áreas nas cidades de Lisboa e no Porto, só depois ao longo dos próximos anos se passará para cidades como Coimbra, Braga, Aveiro, Viseu, etc.. Assim sendo, até que exista uma cobertura que se possa dizer mais consistente em todo o país, demorará, porventura, mais de uma década, já que para além de ser um processo extremamente caro (fala-se em milhões de Euros que serão gastos pelos operadores) a logística necessária é imensa.

O reflexo no wi-fi na utilização de uma rede 5G, mesmo que aceda com smartphone 4G é a melhoria na velocidade de transferência (Download e Upload).  Hoje a maior parte de nós utiliza o wi-fi como principal forma de acesso à Internet, quer em espaços públicos, quer na nossa habitação, até porque o valor que pagamos no acesso a dados móveis é caro e limitado.  

Quanto ao seu telemóvel (smartphone) quando a tecnologia 5G substituir totalmente os protocolos wi-fi, aí sim, você precisará de um novo telemóvel para o utilizar o wi-fi e nessa altura é provável sentir algumas incompatibilidades na utilização,  já que o 5G operará numa frequência totalmente nova.

Online Network Wifi COmmunication Icon Concept

Posto isto, não há razão para ir a correr para comprar um novo telefone que seja  “compatível 5G”, isso será mais marketing e publicidade enganosa do que outra coisa.

Mas pense um pouco, actualmente em algumas zonas do país e mesmo em alguns locais, apesar do seu telemóvel ser já 4G, ele continua a captar à mesma em 3G, mesmo que o acesso à Internet seja mais lento, ou que por vezes sinta algumas incompatibilidades, até porque os primeiros equipamentos com 5G de base, serão muito caros e somente algumas marcas e alguns modelos  terão essa “novidade”, como é anunciado actualmente.

Na minha opinião, você não precisa comprar um telemóvel  que seja 5G nos próximos anos, talvez daqui a mais de 4 ou 5 anos, mas nessa altura o seu telemóvel actual já estará em altura de ser trocado pelos diversos “problemas” inerentes (falta de memória RAM, bateria “viciada”, etc.) e nessa altura decidirá em função do mercado.

Uma coisa é certa com a tecnologia 5G, o salto tecnológico será brutal. Não é somente a questão velocidade, que será, segundo se fala, 10 x  mais rápida do que é actualmente, o que significa que você poderá fazer um download de um vídeo de alta resolução em apenas alguns segundos, em vez de minutos. Os chats de vídeo de alta resolução funcionarão em qualquer lugar,  Isso ajudará a conectar pessoas e as cidades funcionarão como “cidades inteligentes” (a iluminação publica, os sistemas de semáforos e mesmo serviços serão controlados pela Internet em tempo real), em concomitância, a evolução na condução autónoma permitir-lhe-à saber, por exemplo: se há um acidente na estrada perto da zona em que circula e dessa forma possa ser notificado e o seu veiculo reduzirá a velocidade automaticamente para sua segurança, ou se o veiculo perceber que existe um sinal vermelho pode travar por si.

Conclusão, tudo irá mudar (a tal evolução tecnológica), não só na forma como acedemos à Internet mas também na forma como passamos a obter o sinal de televisão, nos electrodomésticos que vão passar a estar ligados em permanência à Internet, etc., mas os verdadeiros benefícios provavelmente não serão conhecidos até que seja totalmente implementada esta tecnologia.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.